twitter
rss


O projeto “ENERGY GAME II” foi levado a efeito na Escola Básica de Tarouca no dia 27 de Abril, para os alunos do 4º ano da Escola Básica de Tarouca.

O que é o Energy Game II? É um jogo interativo e inovador que pretendeu sensibilizar os alunos para a temática da eficiência energética, de uma forma dinâmica e em que fosse possível que todos os jogadores interagissem em simultâneo.
Como funcionou: Jogo interativo que utiliza os comandos WII, Materiais: Mochila, computador portátil, projetor, 4 comandos WII, barra de Leds, carregador de pilhas, pilhas recarregáveis.

Dinâmica do Jogo

O jogo foi orientado por um apresentador que explicou as regras de cada etapa, apresentou as personagens do jogo e comunicou a pontuação dos jogadores. Após selecionar o nível, o jogo iniciou-se com a identificação de cada uma das equipas que foi representada por uma das sete personagens.

O jogo disponibilizou três níveis que corresponderam a três graus de dificuldade diferentes e que permitiram adaptar o jogo ao público-alvo. O jogo permitiu a interação de quatro equipas em simultâneo. Cada jogo independentemente do nível, foi composto por sete etapas, sendo o tempo médio de jogo de 35min.

Foram constituídas 12 “Fichas do Jogo” preenchidas com o nome dos participantes, referentes às turmas do 4º ano, formando 3 equipas por turma e operacionalizado na sala Multimédia, no Centro Escolar de Tarouca. Há a destacar os vencedores de cada turma com a seguinte pontuação:

MUNICÍPIO
AGRUPAMENTO
DATA
ANO/
TURMA
EQUIPA VENCEDORA
PONTUAÇÃO FINAL
Tarouca
Agrupamento de Escolas José Leite Vasconcelos – NÍVEL I
27-04-2016
4ºA
TRAQUINAS e JÚNIORES
314
27-04-2016
4ºB
STAR GAMES
323
27-04-2016
4ºC
TRAQUINAS
338
27-04-2016
4ºD
VINGADORES
332

 








Esta atividade foi bem sucedida conseguindo que os alunos atingissem os objetivos inicialmente pretendidos: capacitar os alunos de conhecimentos que os tornem mais aptos a tomar decisões na área da energia e eficiência energética; dinamizar a relação entre os professores e os alunos na abordagem às temáticas da energia, eficiência energética e

 energias renováveis; criar situações de
aprendizagem e de sensibilização inovadoras e estimulantes; promover a troca de experiências e estreitar a relação entre turmas; desenvolver uma ferramenta dinâmica acessível a todos os públicos-alvo; transmitir conhecimento de forma lúdica e competitiva; criar uma ferramenta de sensibilização que não tenha barreiras geográficas e disseminar informação ajustada a grupos alvo diferentes.
                                                      Olga Carminé


Decorreu de 16 a 20 a “Semana da Matemática” no Centro Escolar e no J.Inf. Castanheiro do Ouro.

A Matemática está em tudo o que fazemos e é importante a criança desde pequena descobrir as formas, os números, as histórias que falam da Branca de Neve e os 7 anões, os 7 cabritinhos, os 3 Porquinhos, a Viagem dos Números, Caracolinhos de Ouro e os 3 Ursinhos …e …muitas mais. Tudo nos fala da matemática mesmo que não se tenha a noção, os passos que damos, quanto anos temos, quanto pesamos, quanto medimos, as formas geométricas … A criança  está em constante aprendizagem e os conceitos matemática vão sendo adquiridos gradualmente de uma forma lúdica.. O jardim de Infância favorece o desenvolvimento desses conceitos e cria o gosto pela matemática. Foi engraçado eles medirem-se e verem quem era o mais alto, quem tinha a mesma altura  e quem media menos…e, era o mais pequenininho. Brincaram com o Polidron, construíram cubos, pirâmides, bolas e outras formas dando asas à sua imaginação.

Foi uma semana muito interessante e brincando aprenderam  que a  Matemática é mesmo divertida!...

                                       A Coordenadora de Departamento do Pré-Escolar

                                                                       Conceição Costa


No dia dez de novembro a “Maria Castanha” veio aos Jardins de Infância do Castanheiro do Ouro e do Centro Escolar.

Mais uma vez a professora Zé,  veio aos jardins-de-infância e com toda a sua boa disposição contou a história e encantou as nossas crianças.

O nosso muito obrigada à professora Maria José Almeida, Zé como é conhecida na  nossa Comunidade Escolar. Apesar de aposentada, continua a dar o seu contributo na Educação, proporcionando momentos de alegria à nossa pequenada.

                                                                 A coordenadora do Pré-Escolar,

                                                                            Conceição Costa

 No âmbito da Semana das Ciências, À Descoberta das Ciências” a Educação Pré-Escolar do Agrupamento de Escolas de Tarouca Dr. José Leite Vasconcelos foi visitar o Museu do Cato, Prof. Moura Marques na Escola Secundária da Sé – Lamego nos dias 14 e 21 de Abril.

Logo pela manhã, as crianças iam chegando ao Centro Escolar de Tarouca e ao Jardim do Castanheiro do Ouro muito entusiasmadas porque iam fazer uma visita de estudo a Lamego, ver o Museu do Cato.

A visita decorreu muito bem e todas ficaram a conhecer catos diferentes, os nomes: o Rosário, a Cadeira da Sogra, as Orelhas do Rato Mikey, a Pata de Urso e outros. Seguidamente, conviveram com os alunos da escola presentes, pintando e desenhando o que viram.

A visita foi muito proveitosa para as crianças que aprenderam como vivem os catos e como são tratados. Divulgaram o museu às suas famílias e todos quiseram saber coisas sobre os catos.

 As famílias partilharam catos que trouxeram para as salas, onde foram cuidados pelas  crianças com o objectivo de o oferecer à mãe, no Dia da Mãe.

Houve articulação entre agrupamentos, entre as famílias e as crianças.

Agradecemos à senhora coordenadora do Museu do Cato Dr. Ana Maria e a todas as professoras que tornaram possível este intercâmbio: Dr. Conceição Canelas, Dr. Leonor Costa e Dr. Armanda e aos alunos da Escola da Sé que participaram, pela simpatia com que nos receberam.

Em nome de todas as crianças e das educadoras deste agrupamento queremos agradecer e dizer: MUITO OBRIGADA.

                                                           
A Coordenadora do Departamento do Pré-Escolar

                                                                                       Conceição Costa
 

A Direção-Geral da Educação (DGE) promoveu em janeiro um evento regional no âmbito do projeto-piloto "Iniciação à Programação no 1.º Ciclo do Ensino Básico”.

Estes eventos, sob a forma de ações de formação de curta duração, têm como finalidade apoiar e acompanhar os docentes envolvidos na implementação da iniciativa. Pretende-se, também, dar continuidade às experiências de formação já promovidas pela DGE no âmbito desta iniciativa.

O Agrupamento de Escolas Dr. José Leite de Vasconcelos também esteve presente com os dois elementos que estão a dinamizar o projeto de "Iniciação à Programação no 1.º Ciclo do Ensino Básico” fazendo uma avaliação da implementação do projeto partilhando com docentes de outros agrupamentos os pontos fortes, os pontos fracos, oportunidade ou constrangimentos.

Foi mais uma experiência bastante positiva que a Direção-Geral da Educação (DGE) promoveu no âmbito do projeto-piloto "Iniciação à Programação no 1.º Ciclo do Ensino Básico”.


 

 


Realizou-se no dia no dia 17 de janeiro (domingo), pelas 17 horas no Auditório Adácio Pestana.o CONCERTO DE REIS, efetuado pelo Coro Infantil do Centro Escolar de Tarouca em conjunto com os Idosos de todo o concelho do Projeto “Rejuvenescer Tarouca” e com os alunos da Academia de Música de Tarouca.

O concerto dirigido pelo Professor de Música Ricardo Fonseca foi um sucesso. Quem esteve presente, teve a oportunidade de desfrutar do enorme talento dos jovens músicos do Coro Infantil do Centro Escolar com os Idosos do Concelho de Tarouca e dos músicos da Academia de Música de Tarouca.


 


O Agrupamento de Escolas Dr. José Leite Vasconcelos, volta a participar este ano, na vigésima edição do programa “Parlamento dos Jovens”, uma iniciativa institucional da Assembleia da República, promovida na escola pelos professores, Olga Carminé, Ricardo Pereira e Orlando Marinho. Este programa destina-se a alunos do ensino básico e secundário e tem como principais objetivos, educar para a cidadania, estimulando o gosto pela participação cívica e política, dar a conhecer a Assembleia da República, o significado do mandato parlamentar, as regras do debate parlamentar e o processo de decisão do Parlamento, enquanto órgão representativo de todos os cidadãos portugueses, promover o debate democrático, o respeito pela diversidade de opiniões e pelas regras de formação das decisões.

Este ano os temas a discussão foram o “Racismo, preconceito e discriminação. Ao debate!”, para o ensino básico e “Portugal: Assimetrias Litoral/Interior. Que soluções?”, para o ensino secundário, os alunos foram incentivados a refletir sobre os temas em debate, surgindo sete listas candidatas, cada uma com 10 alunos que divulgaram a suas propostas e competiram pelos lugares de deputados escolares.

Realizadas as eleições dos representantes para integrarem o Parlamento dos Jovens do Agrupamento, foi realizada uma sessão escolar, no dia 19 de Janeiro com a presença da deputada socialista, eleita pelo distrito de Viseu, Marisabel Moutela, que além de explicar o modo de funcionamento da Assembleia da República, realizou um salutar debate que contribuiu para o aprofundamento das temáticas em discussão.

 No dia 20 de janeiro decorreu a sessão escolar. Durante a sessão foram discutidas e votadas as medidas que irão figurar no projeto de recomendação da escola. Após o debate, os deputados escolares elegeram os representantes da escola para a sessão distrital, que será realizada em Viseu, no próximo mês de março. Desta forma, foram eleitos para o ensino básico os seguintes alunos: Sara Cardoso Borges (9.º A); Rafael Coelho Monteiro (9.º D) e Leandro Correia Duarte (9.º D) e para o ensino secundário: António Marcos Gomes Pinto (11.º A); Beatriz Santos Cunha (11.º B) e Leandra Filipa Pestana Borges (12ºB).

 Ricardo Pereira e Orlando Marinho


Decorreu, no passado dia 20 de abril de 2015, pelas 14:00, no auditório do Centro Escolar de Tarouca, a visita do “Cientista” para ensinar crianças e adultos a confecionarem um creme/gel de mãos tendo por base  o chá da flor  e da baga do sabugueiro. As crianças puderam assistir ao processo da realização do gel.


No fim, experimentaram o gel nas mãos, confirmando que o mesmo está pronto para a surpresa que irão fazer às mães, no Dia da Mãe.





Agradecemos ao Professor Doutor. José das Neves que, carinhosamente apoiou e abraçou este projeto desde a sua génese.

Com este projeto as educadoras do pré-escolar do Agrupamento de Escolas Dr José Leite de Vasconcelos de Tarouca concorreram ao concurso Ilídio Pinho.



                                                                                            Conceição Martinho



Os alunos do 1ºCiclo do Centro Escolar de Tarouca e os alunos do  2º ciclo do Agrupamento Dr. José Leite de Vasconcelos deslocaram-se à  UTAD para participarem no Campeonato Nacional do Jogos Matemáticos  onde estiveram presentes alunos de 300 escolas do nosso país  num total de 1500 alunos. Este campeonato foi promovido pela Associação Ludus, a Associação de Professores de Matemática, a Sociedade Portuguesa de Matemática, Ciência Viva e pela Universidade de Trás os Montes e Alto Douro.

Após um torneio, que decorreu ao longo do mês de fevereiro no Centro Escolar de Tarouca para o 1º Ciclo do Ensino Básico foram apuradas duas alunas do 4º Ano, turma C: a Maria Inês Vitorino Pereira e a Lara Carvalho Cruz coordenadas pela Professora Margarida Carvalho nos jogos do Semáforo, Cães e Gatos,  

No 2º Ciclo, depois de várias sessões eliminatórias orientadas pelas Professoras da área disciplinar de Matemática Alexandra Mateus e Isabel Aguiar, na Escola Básica e Secundária Dr. José Leite de Vasconcelos foram apurados os alunos: Margarida Sarmento, Sérgio Gouveia e Catarina Rodrigues.

Estas iniciativas  pretendem  desenvolver  nos alunos o gosto pela Matemática e promover a sua utilização numa perspetiva lúdica.

Olga Carminé

O Agrupamento de Escolas Dr. José Leite de Vasconcelos foi distinguido com o Selo da Escola Intercultural , reconhecendo e valorizando as boas práticas operacionalizadas no ano letivo em curso.

Numa iniciativa conjunta da Direção-Geral da Educação (DGE) e do Alto Comissariado para a Imigração e o Diálogo Intercultural, e -atual Alto Comissariado para as Migrações, I.P. (ACM, I.P.) - foi criado, em 2012, o distintivo Selo Escola Intercultural que visa distinguir as Escolas que se destacam no desenvolvimento de projetos que promovem o reconhecimento e a valorização da diversidade como uma oportunidade e fonte de aprendizagem para todos.

No âmbito do Dia Internacional dos Direitos Humanos, o Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural (ACIDI, IP) e a Direção-Geral da Educação (DGE) promoveram a entrega do Selo Escola Intercultural.

A Cerimónia realizou-se em Lisboa, com a presença do Secretário de Estado Adjunto do Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, do Diretor Geral da Educação, da Alta Comissária para a Imigração e Diálogo Intercultural, e do Sub - Diretor Geral de Educação Pedro Cunha, a iniciativa teve como objetivo distinguir as escolas que se destacam na promoção de projetos com vista ao reconhecimento e valorização da diversidade como uma oportunidade e fonte de aprendizagem para todos.

O Selo de Escola Intercultural, tem a vigência de dois anos e assenta na divulgação de boas práticas, no apoio e integração de estudantes descendentes de imigrantes.

Olga Carminé

 



Ocorreu no passado dia 30 de Janeiro a comemoração da efeméride do Dia Escolar da Não Violência e da Paz, iniciado com um projeto de Llorenç Vidal, professor espanhol, em 1964, tendo depois a ONU decidido adoptar esta ideia e instituir o dia 30 de Janeiro para esta comemoração, em memória da data da morte de Mahatma Ghandi, nessa mesma data em 1948.

O Agrupamento de Escolas de Tarouca, numa iniciativa conjunta da Biblioteca Escolar, do GAAF (Gabinete de Apoio ao Aluno e Família), da CPCJ (através da sua representante da Educação naquela entidade) e a docente da Disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica, promoveram um Desafio de Cartazes sobre a temática para poder ser realizada uma exposição que fizesse a apresentação das ideias e criatividade dos alunos nas diversas áreas de Expressão Plástica e Escrita.

Para além dos alunos da disciplina de EMRC foram inúmeros os que, acompanhados, quer por professores, familiares ou por iniciativa própria, apresentaram os seus trabalhos a que se juntaram as obras dos alunos do pré-Escolar, do 1º ciclo, da Biblioteca Municipal de Tarouca e dos utentes das diversas Respostas Sociais da Santa Casa da Misericórdia de Tarouca, entidades parceiras do Agrupamento.

O dia 30 foi depois palco de algumas atividades que se iniciaram com a abertura oficial, com a presença de diversas entidades, tendo o Diretor do Agrupamento apresentado as boas vindas a todos os presentes na sessão, entre eles os alunos do Curso Vocacional, do Curso Técnico de Apoio à Infância, da turma do 9ºB e os utentes do Lar Residencial e Idosos do Lar de Idosos da Santa Casa da Misericórdia de Tarouca, nossos parceiros no Projeto LER + Jovem.


O Presidente do Município de Tarouca tomou a palavra para apelar ao espirito de paz que deve reinar entre todos, lembrando as palavras de João Paulo II ao referir a “irreverência da juventude”, que deve ser obreira dessa mesma Paz. Estiveram ainda presentes a Presidente da CPCJ de Tarouca, o Presidente do Conselho Geral e a representante da Santa Casa da Misericórdia de Tarouca. No leque de convidados salienta-se a presença de um elemento da GNR de Tarouca, que de seguida apresentou uma comunicação sobre a Violência e suas consequências para os alunos presentes.

Seguiu-se depois a atividade no Centro Escolar de Tarouca onde os alunos fizeram um painel temático de mensagens sobre a Paz e lançaram balões. O mesmo veio a acontecer com os alunos do Jardim de Infância do Castanheiro do Ouro que, após alguma confraternização fizeram o lançamento de balões, para um céu que apresentava um belíssimo arco-íris, como a suscitar a alegria da Paz e da harmonia entre todos.

No período da tarde foi a vez da sensibilização dos alunos do 5º e 6º ano sobre a motivação histórica deste Dia e o significado da violência na Escola e seus efeitos no sucesso escolar, por orientação das Coordenadoras da Biblioteca Escolar e da Mediadora do GAAF.









Na semana da Prevenção Rodoviária Portuguesa, a Guarda Nacional Republicana, grupo territorial de Lameg,o deslocou-se ao Centro Escolar de Tarouca, nos dias 6 e 7 de maio, a fim dos alunos do Pré-Escolar e do 1º ciclo do Centro Escolar de Tarouca pudessem colocar em ação as regras de segurança rodoviária abordadas durante uma sessão de sensibilização, levadas a efeito em março, no Auditório do Centro Escolar.

 
 
 
Para a realização desta prática foi montado um circuito rodoviário no Pavilhão do Centro Escolar. Deste modo os alunos puderam praticar as regras de segurança rodoviárias, quer como peões, quer como ciclistas.

 
 
Esta atividade pretendeu: promover nos alunos os comportamentos corretos, com vista a facultar um conhecimento tão próximo da realidade quanto possível zelando pela sua segurança. Para tal,  elaboraram-se, tendo em conta os conhecimentos obtidos através da análise da situação, percursos com as regras de
 
 
 
 
 segurança rodoviária, atendendo aos vários níveis etários em que os alunos se inseriam e às situações criadas nos diversos espaços e especialmente aqueles que assumem maior importância para a segurança:

 
 
 
Foi uma atividade pedagógica muito entusiasmante e participativa, do agrado das  crianças e alunos do Centro Escolar de Tarouca.

No final de cada sessão foram distribuídos materiais pedagógicos, contemplados pela participação  no Projeto Kids ACP,  premiando as boas práticas do Agrupamento Dr. José Leite de Vasconcelos.

Agradecemos a colaboração dos Senhores Agentes da GNR, do grupo territorial de Lamego, que contribuíram para que esta atividade fosse um sucesso. Contamos que, deste modo, os nossos alunos possam ser futuros cidadãos conscientes e contribuam para a redução de acidentes rodoviários.

Olga Carminé




 
O projeto consiste na experimentação de vários compostos adicionados a produtos da região (Chá da Flor e Baga do Sabugueiro) e transformar o produto num cosmético natural (creme de mãos).
 


 
 
Envolve 115 alunos do Pré-Escolar distribuídas por 6 turmas, 2 turmas do Jardim do Castanheiro do Ouro e 4 turmas do Pré-Escolar do Centro Escolar de Tarouca.
 
 

Com este projeto pretende-se conhecer o produto da região, Flor e Baga do Sabugueiro que são cultivadas nas margens do Rio Varosa, em Tarouca e experimentar novas formas de utilização do produto, visto estar comprovado cientificamente que são utilizados em chás naturais, medicamentos e na cosmética.

A experimentação consiste na confeção de chá da flor e da baga com água destilada e com a adição dos produtos: Hidroxialcelulose, Glicerina  e com ou sem conservantes-

A matéria prima da flor e baga de sabugueiro servirá para o uso dermatológico concluindo com  um hidratante das mãos.

Meninos e Educadoras estão de parabéns porque passaram à segunda fase  enão perderam tempo, pois  já estão a operacionalizar o projeto.

                                                        Celina Ferreira
 
 
 

Decorreu, no passado dia 20 de abril de 2015, pelas 14:00, no auditório do Centro Escolar de Tarouca, a visita do “Cientista” para ensinar crianças e adultos a confecionarem um creme/gel de mãos tendo por base  o chá da flor  e da baga do sabugueiro. As crianças puderam assistir ao processo da realização do gel. No fim, experimentaram o gel nas mãos, confirmando que o mesmo está pronto para a surpresa que irão fazer às mães, no Dia da Mãe. Agradecemos ao Dr. José das Neves que, carinhosamente apoiou e abraçou este projeto desde a sua génese. Com este projeto as educadoras do pré-escolar do Agrupamento de Escolas Dr. José Leite de Vasconcelos, em de Tarouca, concorreram ao concurso Ilídio Pinho.